a-sereiaTítulo Original: The Siren

 Autora: Kiera Cass

 Editora: Seguinte

 Edição/Ano: 1º Edição – 2016

 Páginas: 323

 ISBN: 978-85-65765-93-0

 Classificação: 1/5

 

Kahlen era uma jovem de 19 anos quando um naufrágio mudou por completo sua vida. Sua família inteira morreu, mas ela foi salva pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas e elas se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, afinal, faltam apenas vinte anos e, depois disso, ela volta a ser humana novamente – porém perderá totalmente a memória.

– Nós pertencemos à Água. E escolher se juntar a nós, será dEla também. Não vai envelhecer nem ficar doente. Vai continuar como está por cem anos. (…) Sua voz será mortal, e você terá que mantê-la em segredo, pelo bem de todas nós. Passados os cem anos, você receberá sua voz e sua vida de volta. Mas, ate lá, servirá à Água.

Akinli, um jovem lindo, carinhoso e gentil, cruza a vida de Kahlen. O garoto é tudo o que a sereia sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar, uma vez que a voz da sereia é fatal, uma conexão intensa se forma entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um ser humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre.

dscn0976

Sendo bem direta: o livro é bem ruim. O comprei já encantada com o enredo prometido, mas logo nas dez primeiras páginas me desiludi. Verossimilhança é essencial em um livro, na minha opinião, e A sereia grita um pedido desesperado de socorro para que alguma coisa naquelas páginas ganhe um pouco disso que torna o livro crível.

Não sabia como dizer a Ela [a Água] que estar viva não era o mesmo que viver.

Francamente, a autora tem uma boa concepção de enredo em mente, um bom plano de fundo, e o que ela faz? Cria uma protagonista de 90 anos que age como uma adolescente imatura. “Mas, Bruna, por que você acha isso?”. Venha comigo, vou te explicar.

Comecemos pelo mais simples: o amor. Em algum momento da sua vida, você já deve ter visto o amor em algum lugar, certo? Em um casal de velhinhos andando de mãos dadas, conhecendo um casal que parece perfeito junto, em filmes clichês de romance… Até os mais céticos já presenciaram o amor, então como uma mulher de 90 anos nunca reconheceu o amor? Isso não entra na minha cabeça. “Ah, mas eu não acredito no amor só porque assisti a um filme piegas, Bruna”. Okay, tudo bem.

dscn0983

A Água é capaz de ler os pensamentos das sereias, logo, é muito difícil você esconder algo dela – eu até diria que é impossível. Como esconder de um ser que sabe tudo o que se passa na sua cabeça que você ama alguém? Quem já esteve apaixonado sabe que inconscientemente pensamos na pessoa amada com frequência. Como não fazer isso? Difícil. Agora imagina ter que esconder por dezenas de anos a dor da perda, não uma perda banal, como o término com o primeiro namorado, mas como a morte de um filho. Pelo amor de Deus, como esconder por anos a fio que você teve um filho, netos e outros descendentes?!

Cada pessoa é uma pessoa. Cada um faz o que e possível fazer.

E, para fechar com chave de ouro, por que a autora cria uma personagem de 90 anos que não tem vivencia alguma? Dá na mesma a Kahlen ter 19 ou 90 anos, porque parece que ela não aprendeu, não presenciou, não viveu e não amadureceu nada. Não dá pra entender, não faz sentido para mim! Se a autora explorasse um pouco mais a fato de que as sereias vivem por décadas sem mudar a aparência, o livro ficaria um pouco melhor e as coisas fariam um pouco de sentido, pareceriam mais críveis.

A ideia foi boa, mas a execução…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s