Mr. Mercedes

Título Original: Mr. Mercedes Autor: Stephen King  Editora: Suma das Letras  Edição/Ano: 1º Edição – 2016  Páginas: 391  ISBN: 978-85-5651-002-0 Classificação: 5/5 ♡     Quem acompanha o blog sabe que me tornei leitora e fã de Stephen King há razoavelmente pouco tempo e que meu livro preferido dele até agora foi o primeiro que... Continue lendo →

Anúncios

Joyland

Título Original: Joyland Autor: Stephen King  Editora: Suma  Edição/Ano: 1º Edição – 2015  Páginas: 239  ISBN: 978-85-8105-298-4  Classificação: 5/5   Olá pessoal, a resenha de hoje é de um livro que eu queria muito ler desde o seu lançamento, mas só deu para ler agora: Joyland, do meu queridinho Stephen King. A velocidade com que... Continue lendo →

Os Olhos do Dragão

Titulo original: The Eyes of the Dragon Autora: Stephen King Editora: Ponto de Leitura - Objetiva Edição: 1ª Edição – 2011 Páginas: 440 ISBN: 978-85-390-0115-6 Classificação: 4/5 Olá leitores, como vão? Estão sabendo que o aniversário de Stephen King está chegando? Pois é, mas quem vai ganhar uma “surpresinha” são vocês: dobradinha King! O post... Continue lendo →

Misery, Louca Obsessão

Durante uma nevasca, o famoso Paul Sheldon, escritor da série best-seller de romances de época Misery, sofre um acidente de carro após escrever seu primeiro livro fora do universo do seu best-seller e fica preso nas ferragens. Paul acorda dias depois no quarto de hóspedes de sua salvadora, Annie, com as duas pernas gravemente fraturadas e sentindo uma dor extrema. Aproximadamente dez dias depois, Paul Sheldon descobre três coisas quase simultaneamente. A primeira é que Annie possui muitos analgésicos. A segunda, que ela era viciada em analgésicos. A terceira foi que Annie Wilkes é perigosamente louca.

It, A Coisa

Em 1958, o pequeno George Denbrought saiu de casa após uma terrível tempestade para brincar na enxurrada com o barquinho de papel que seu irmão mais velho, Bill, fez. George corria atrás do pequeno barco quando ele caiu num bueiro. George se abaixou, para ver se podia alcança-lo, e foi quando o palhaço Pennywise apareceu dentro do bueiro segurando o barquinho de George. Minutos depois, George foi retirado por um vizinho de dentro do bueiro, sem viva e sem um dos braços.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑